Utentes

Cancro: A importância da nutrição

Os doentes oncológicos apresentam, com frequência, problemas de (des)nutrição, por razões várias desde alterações no paladar a dificuldades de deglutição. Razões suficientes para apostar numa alimentação saudável como uma das formas de fortalecer o organismo fragilizado pela doença.



Cancro: A importância da nutrição

Com a evolução dos tempos e um ritmo de vida mais agitado, surgiram novos hábitos alimentares. Sobretudo nos países desenvolvidos, apesar de a quantidade de alimentos ingerida ser habitualmente suficiente e por vezes até excessiva, a dieta tem vindo a tornar-se deficitária em nutrientes essenciais, baseada em alimentos processados, salgados, enlatados e fumados. No final, o resultado é uma alimentação excessivamente calórica, rica em gorduras e açúcares, sendo, por isso, pouco benéfica para a saúde.


Como consequência destes maus hábitos alimentares, entre outros factores, tem vindo a aumentar a incidência de algumas patologias, nomeadamente de vários tipos de cancro. Muitos dos estudos efectuados indicam que cerca de 30% dos casos de cancro estão relacionados com maus hábitos alimentares.


 


Alimentação saudável como prevenção


É verdade que ainda há muito a explorar sobre a relação entre a alimentação e o cancro, não se podendo, por exemplo, dizer que haja alimentos capazes de inibir o desenvolvimento da doença.


Sabe-se, no entanto, que há alimentos que possuem um efeito protector para o organismo, contribuindo para a prevenção: são exemplos os cereais integrais e sementes; a fruta, nomeadamente os citrinos, as maçãs, as peras, os morangos e os frutos silvestres; o chá verde; os alhos e os legumes, sobretudo de os de folha verde; plantas aromáticas: manjericão, alecrim e coentros; os lacticínios, com especial destaque para os iogurtes; e os alimentos ricos em ómega-3, particularmente os peixes gordos (salmão e atum, por exemplo) e os frutos secos. Uma alimentação saudável e regrada, com refeições feitas em horários regulares, aliada a um estilo de vida activo, contribui para um bom estado geral de saúde, e por esse motivo também ajuda a prevenir a doença.


[Continua na página seguinte]









Nota: Os Médicos têm que fazer login para pesquisar informação restrita.