Utentes

Pingo no nariz, tosse, dores de garganta, febre » A alteração brusca da temperatura é a principal causa das constipações

Sofia Filipe



Se é difícil fazer algo para que não surja a constipação, é fácil atenuar os sintomas e «conviver» com os mesmos o menos tempo possível.

De acordo com a especialista, «quando se está constipado deve-se beber muita água, evitar mudanças bruscas de temperatura e tomar a medicação aconselhada pelo médico, como antipiréticos e os anti-inflamatórios (baixam a febre) e anti-histamínicos (diminuem a rinorreia) e expectorantes (soltam a expectoração). Tudo isto melhora os sintomas».

Se a sintomatologia persistir, nada como fazer uma nova visita ao médico. Até porque poderá não ser uma constipação mas algo mais grave. Aliás, as manifestações da gripe são semelhantes.

«Os sintomas da gripe são os mesmos que os da constipação, porém mais agravados. A febre, por exemplo, chega a atingir os 40ºC. Além disso, o doente tem mialgias (dores no corpo) e cefaleias (dores de cabeça). É também uma doença súbita, cuja evolução dá-se de um dia para o outro e a cura é mais morosa», elucida Sandra D’Abril, prosseguindo:

«Ambas as doenças são provocadas por vírus, mas o da gripe poderá evoluir para uma doença bacteriana que, por sua vez, pode provocar uma pneumonia, por exemplo. Já a constipação dificilmente degenera para outra doença mais grave.»

E adverte: «Os grupos mais propensos a ter gripe são os mesmos da constipação e devem tomar a vacina anualmente, porque o vírus é mutável.»







Nota: Os Médicos têm que fazer login para pesquisar informação restrita.